O que esperamos de 2018

Começamos agora o nosso segundo ano estabelecidos como uma Organização da Sociedade Civil (OSC), mas seguimos buscando e desafiando o que conhecemos e como esperamos que nosso trabalho melhore e se expanda. Como diz Warren Estabrooks, terapeuta auditivo verbal, em suas famosas e riquíssimas palestras, nosso desafio deve sempre ser “raise the bar”, frase em inglês que expressa essa necessidade de sempre buscar o que MAIS a criança consegue fazer, de buscar sempre incentivá-la a dar o próximo passo.

Com a experiência dos últimos 6 anos, entre Programa Espaço Escuta e Instituto Escuta, nos perguntamos como podemos, aqui, “raise the bar”, dar os próximos passos para o nosso desenvolvimento e, consequentemente, para o das famílias que nos procuram. Esse é o nosso desafio do ano.

A fonoaudióloga fixa da equipe do Escuta, Bruna, irá começar a participar de uma formação em Terapia Auditivo Verbal, o que com certeza vai trazer benefícios para as famílias participantes do Instituto. Nossa ideia aqui é oferecer mais ferramentas e também seguir na nossa missão de empoderamento dos pais.

Quanto aos outros aspectos que compõe o nosso tripé de intervenção além da Fonoaudiologia, a Psicanálise e o Serviço Social, seguimos buscando aperfeiçoar nossas ferramentas e atentar para a importância desses fatores nos melhores resultados de comunicação e linguagem. A Carla, nossa diretora clínica, participa do “Projeto de pesquisa de validação e comparação de instrumentos de acompanhamento do desenvolvimento psíquico à luz da Psicanálise”, de onde continuará contribuindo para refletirmos sobre nossa intervenção com as famílias de crianças surdas. Além desse trabalho, também junto à USP manteremos nossa parceria com a Rede Clínica Laboratório Jacques Lacan, que tem oferecido a oportunidade de encaminhamentos acessíveis e de qualidade em saúde mental para os participantes do Escuta.

Nossa aposta nesse ano é, portanto, investir nossa energia em melhorar o que já fazemos. E queremos que mais pessoas conheçam o nosso trabalho e possam se beneficiar dos serviços que oferecemos. Apesar de acreditarmos no significado único e especial que o Escuta tem para cada família, entendemos que esse significado é fundamental na construção de um caminho que faça sentido e traga qualidade de vida para cada um. E queremos fazer isso por mais pessoas. Contamos muito com vocês, nossos apoiadores e parceiros, nessa jornada de 2018.

Um feliz ano para todos!

Equipe Instituto Escuta

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *